SELEÇÕES

OFERTAS FANTÁSTICAS

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

LEITURA - ORAÇÃO E CONFISSÃO DE ESDRAS

TEOLOGIA
LEITURA
Oração e confissão de esdras

Depois que tudo isso foi feito, alguns líderes do povo de Israel vieram falar comigo. Eles me contaram que o povo, os sacerdotes e os levitas não tinham ficado separados das pessoas e dos costumes pagãos e nojentos dos cananeus, dos heteus, dos perizeus, dos jebuseus, dos amonitas, dos moabitas, dos egípcios e dos amorreus. Homens israelitas haviam casado com mulheres estrangeiras, e assim o povo escolhido por Deus tinha se misturado com gente de outros povos. E os chefes e líderes do povo haviam sido os primeiros a cometer esse pecado. Quando ouvi isso, rasguei as minhas roupas em sinal de tristeza, arranquei os meus cabelos e a barba e me sentei, muito desgostoso. Fiquei ali sentado, cheio de desgosto, até a hora do sacrifício da tarde. E o povo começou a se juntar em volta de mim. Eram os que estavam com medo por causa do que o Deus de Israel tinha dito a respeito dos pecados dos que tinham voltado da Babilônia.
Quando chegou a hora do sacrifício da tarde, eu saí daquele abatimento e me ajoelhei para orar, usando ainda as roupas rasgadas. Então levantei as mãos para o SENHOR, meu Deus, e disse:
— Ó Deus, estou muito envergonhado e não tenho coragem de levantar a cabeça na tua presença. Estamos afundados nos nossos pecados, que sobem até o céu. Ó SENHOR, Deus de Israel, tu és justo, mas nos deixaste escapar com vida, como se pode ver hoje. Nós te confessamos que somos culpados. Não temos o direito de ficar na tua presença

ESDRAS 9:01-6,15

CLIQUE AQUI




                                         

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO VI

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO VI


    
Jesus, clamando com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isso, expirou. Lucas 23:46
     Cristo colocou de lado os seus atributos divinos, para que pudesse compartilhar plenamente da condição humana, em sua fraqueza e sorte. É isso que empresta à encarnação de Cristo o seu grande significado.
     O Senhor Jesus cumpriu Sua missão inteira como homem, extraindo do Espírito Santo, que lhe foi conferido sem medida, todo o poder que exerceu. O Espírito Santo foi transformando-o como homem, para que pudesse operar obras admiráveis. Ele realizou seus prodígios, da mesma forma que podemos realizar e até maiores ainda. Ele usou os recursos que estão disponíveis para nós até hoje: a Palavra e o Espírito Santo.
http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html

CLIQUE AQUI




                                         

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO V

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO V


1 Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? por que estás afastado de me auxiliar, e das palavras do meu bramido?
2 Deus meu, eu clamo de dia, porém tu não me ouves; também de noite, mas não acho sossego.
3 Contudo tu és santo, entronizado sobre os louvores de Israel.
4 Em ti confiaram nossos pais; confiaram, e tu os livraste.
5 A ti clamaram, e foram salvos; em ti confiaram, e não foram confundidos.
6 Mas eu sou verme, e não homem; opróbrio dos homens e desprezado do povo.
7 Todos os que me vêem zombam de mim, arreganham os beiços e meneiam a cabeça, dizendo:
8 Confiou no Senhor; que ele o livre; que ele o salve, pois que nele tem prazer.
9 Mas tu és o que me tiraste da madre; o que me preservaste, estando eu ainda aos seios de minha mãe.
10 Nos teus braços fui lançado desde a madre; tu és o meu Deus desde o ventre de minha mãe.
11 Não te alongues de mim, pois a angústia está perto, e não há quem acuda.
12 Muitos touros me cercam; fortes touros de Basã me rodeiam.
13 Abrem contra mim sua boca, como um leão que despedaça e que ruge.
14 Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas.
15 A minha força secou-se como um caco e a língua se me pega ao paladar; tu me puseste no pó da morte.
16 Pois cães me rodeiam; um ajuntamento de malfeitores me cerca; transpassaram-me as mãos e os pés.
17Posso contar todos os meus ossos. Eles me olham e ficam a mirar-me.
18 Repartem entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançam sortes.
19 Mas tu, Senhor, não te alongues de mim; força minha, apressa-te em socorrer-me.
20Livra-me da espada, e a minha vida do poder do cão.
21Salva-me da boca do leão, sim, livra-me dos chifres do boi selvagem.
22 Então anunciarei o teu nome aos meus irmãos; louvar-te-ei no meio da congregação.
28 Porque o domínio é do Senhor, e ele reina sobre as nações.
SALMO 22
http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html
CLIQUE AQUI





                                         

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO IV

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO IV


JESUS A PARTIR DOS 30 ANOS
     - Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo. Mateus 26:38
      Ele como homem não via muito a frente, mas como DEUS Ele sabia o que estava por vir, e todo o peso do mundo caiu sobre Ele, e sentiu na carne a dor e a pressão que o seu corpo humano não resistiu e suou sangue.
     -E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; afasta de mim este cálice; todavia não seja o que eu quero, mas o que tu queres...Retirou-se de novo e orou, dizendo as mesmas palavras. Marcos 14:36,41
   
  Porque Jesus pediu 3 vezes a DEUS que passasse o cálice, pois sabia o que estava sentindo na carne e sabia o que lhe aguardava, sofreu por antecipação, então podemos dizer que Ele sofreu 2 vezes a morte de cruz.
     Em seguida é preso e sentenciado a 40 açoitadas menos 1 e a flagelação. O açoite ou azorrague era feito de 12 tranças + nós e nas pontas era postos pedaços de ossos ou metais, no fim das açoitadas Jesus já estava com 450 cortes profundos em sua carne, antigos dizem ter deixado exposto as suas vísceras.
    
Jesus vai subindo a via da cruz e carregando o patíbulo da cruz, a parte horizontal que pesava de 60 a 80kg, a cruz completa pesaria em torno de 200kg e ficava muito difícil carregar. Levando o patíbulo fraco pela perda de tanto sangue caiu. E certo Simão cireneu, o ajudou a levar o restante do caminho.
    
Já no gólgota deitaram-no ao chão e pregaram o patíbulo a haste e Ele foi pregado a cruz, Ele sentiu os pregos de 17cm atravessarem a sua carne, e foi posto no lugar alto.
   
  Mateus27:46 Cerca da hora nona, bradou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactani; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

     Ele sentiu o que é estar sozinho e sem auxilio, de um DEUS que sabia do proposito, mas não aguentou ver o próprio filho passar por tudo aquilo e deu as costas. Mas Jesus mesmo desamparado não desistiu do seu propósito, Ele fez uma colocação do salmo 22 como suas palavras e veja quão sofrimento estava sentindo desde o getsêmani até a seu último respiro.

http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html

CLIQUE AQUI




                                         

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO III

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO III


O MENINO JESUS NO TEMPLO
Vejamos o Evangelho de S. Lucas (Lc 2, 42s) : Aos doze anos, no Templo de Jerusalém, o Menino Jesus confunde os doutores da lei que o ouviam "pasmados de sua sabedoria e das suas respostas". E, à mãe aflita que o procurava, Ele responde que era preciso cuidar das coisas de Seu Pai.
     Depois, voltou para casa. Com Maria e José. "E lhes era submisso". E crescia em sabedoria e graça, diante de Deus e dos homens. "Jesus crescia realmente quanto ao corpo, e quanto ao espírito, pela ciência adquirida: mas só aparentemente e que crescia na graça, cuja plenitude, já possuída, se manifestava progressivamente: o sol, que é o mesmo, parece mais quente ao meio-dia".
     Fazendo-se criança, Jesus quis percorrer todas as etapas da vida humana. Por isso, como um menino, "crescia em sabedoria e graça". E, como um menino, era submisso a seus pais.
     Naquela modesta família, incomparavelmente acima de todos, estava Jesus. Depois, Maria. Depois, José. Mas José era o chefe. Seguido por Maria. E Jesus "lhes era submisso".Trabalhou como carpinteiro - Mc 6, 3 - Acredita-se que pelo fato de José não ser citado, que tenha morrido ainda na juventude de Jesus, e este assumiu o sustento da família. 
       Um dia já com seus 30 anos em pleno ministério Ele falou para seus amigos Mais próximo Pedro, Tiago e João para orarem com Ele e interceder por algo muito profundo.
     - Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo.Mateus26:38
    
Ele como homem não via muito a frente, mas como DEUS Ele sabia o que estava por vir, e todo o peso do mundo caiu sobre Ele, e sentiu na carne a dor e a pressão que o seu corpo humano não resistiu e suou sangue.

http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html

CLIQUE AQUI




                                         

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO II

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO II


A INFÂNCIA DE JESUS
     Nasceu de uma virgem - Mt 1, 18 - Passou por nove meses de gestação, pelo parto, amamentação, troca, etc. Foi totalmente dependente da mãe.
                                               Circuncisão
     De acordo com a lei judaica, oito dias após seu nascimento, os meninos deveriam submeter-se à circuncisão - cerimônia figurativa do Batismo. Nesta oportunidade é que recebiam um nome. Obediente à lei, Jesus - o Senhor, acima de toda a lei - foi, também, como qualquer judeu, circuncidado. Pois Ele veio para ensinar - e, por isso, em tudo, nos deu exemplo.
                                     O nome de Jesus
    
Na hora da circuncisão, "foi-lhe posto o nome de Jesus, como o havia chamado o Anjo, antes de ser concebido". Jesus, que quer dizer Salvador. Por isso escreveu S. Paulo: "Que ao nome de Jesus todo o joelho se dobre no céu, na terra e no inferno" (Fl 2, 10). (Sl 85, 12 e 5). 

     Na Igreja primitiva, o título completo de Jesus, em grego, era Jesus Cristo Deus Filho Salvador, cujas iniciais (em grego) formam a palavra peixe. Por esse motivo, no ano 200, referindo-se ao Batismo, Tertuliano escreveu: "Nós (os cristãos), a exemplo de nosso Jesus Cristo, nascemos na água, como pequenos peixes". Como símbolo cristão, a palavra grega para peixe, ichthys, era dividida como segue: / (Je­sus); ch (Cristo); th (de Deus); y (Filho); s (Salva­dor). A frase grega, por inteiro, era: Ieosous Christós Theou hyiós, Soter, ou seja: Jesus Cris­to, Filho de Deus, Salvador.
     Purificação de Maria e Apresentação de Jesus no Templo
     Segundo as rígidas leis judaicas, 40 dias após o nascimento de uma criança, a mãe deveria apresentar-se ao Templo, para a cerimônia de purificação.
     Também, nessa ocasião, em que os pais deveriam oferecer para o sacrifício "um par de rolas ou dois pombinhos", o primogênito era consagrado a Deus.
                                       Fuga para o Egito
     José, também, por um anjo, recebeu o aviso. E, tomando consigo o Menino e sua Mãe, retirou-se para o Egito. E ali esteve até a morte de Herodes, para se cumprir o que proferira o Senhor pelo profeta, dizendo: "Do Egito chamei meu Filho".

     Posteriormente, ouvindo, mais uma vez, um mensageiro celeste, "retirou-se para as partes da Galileia. Vindo para ai, habitou na cidade que se chama Nazaré, para mais um vez, cumprir-se o que foi dito pelos profetas: Será chamado Nazareno" (Mt 2, 14 e 23). Como as demais crianças, aprendia hebraico na escola, aramaico em casa, e estudava as escrituras.
http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html

CLIQUE AQUI




                                         

LEITURA - A HUMANIDADE DE CRISTO I

TEOLOGIA
LEITURA
A HUMANIDADE DE CRISTO I


    Jo 1, 14 - E O Verbo Se Fez Carne...
    " O Filho de Deus trabalhou com mãos humanas, pensou com inteligência humana, agiu com vontade humana, amou com coração humano. Nascido da Virgem Maria, tornou-se verdadeiramente um de nós, semelhante a nós em tudo, exceto no pecado."
    GS 22, 2.
    No V.T., a palavra carne era a mais vil, inferior e corruptível das expressões usadas para a natureza humana. João escolheu esta palavra justamente para mostrar que Cristo se encarnou com o mesmo tipo de carne que todos os homens possuem. Ele era um homem autêntico, e não uma imitação, ou apenas um ser externo; tão pouco era um super-homem, conforme se afirma em algumas heresias. A humanidade do Filho de Deus é algo tão importante na história da redenção que o anti-cristo e seus seguidores negam enfaticamente essa encarnação (II Jo, 7; I Jo 4, 3).
    Nós podemos recorrer a Ele, em tudo, pois Ele sabe o que sentimos e nos socorre.
    Vejamos Como Ele Viveu:
     a) nasceu de uma virgem - Mt 1, 18 - Passou por nove meses de gestação, pelo parto, amamentação, troca, etc. Foi totalmente dependente da mãe.
     b) cresceu normalmente - da infância até ficar adulto: Lc2, 40-52. Teve uma infância normal, de família pobre, de uma cidade pequena e sem expressão (Pode vir alguma coisa boa de Nazaré?). Como as demais crianças, aprendia hebraico na escola, aramaico em casa, e estudava as escrituras.
     c) trabalhou como carpinteiro - Mc 6, 3 - Acredita-se que pelo fato de José não ser citado, que tenha morrido ainda na juventude de Jesus, e este assumiu o sustento da família.
     d) teve fome - (Mt 21, 18)
     e) teve sede - (Jo, 4, 7; 19, 28)
     f) cansou-se - (Jo 4, 6; Mc 4, 38)
     g) teve sono - (Mt 8, 24)
     h) teve alma- (Mt 26, 38)
      i) chorou - (Lc 19, 41; Jo 11, 35)
     j) foi tentado - (Mt 4, 1)
     l) enfado - (Mt 17, 17)
    m) entristeceu-se (Lc 22. 44)
     n) tinha amigos - (Jo 11, 11)
     o) agitação interior - (Jo 11, 33)
http://iadrn.blogspot.com.br/2011/11/humanidade-de-cristo.html


CLIQUE AQUI