SELEÇÕES

http://wordschool.blogspot.com/

OFERTAS FANTÁSTICAS

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

VIRTUDES/LEITURA - DUAS FACES


LEITURA
 DUAS FACES
O tempo tem duas faces: a sórdida e a acalentadora. Por vezes, as duas ao mesmo tempo....
Maldito tempo que me destrói com a saudade da minha mãe, da sua risada, dos seus ditados, das nossas viagens... Bendito tempo que me reconstrói os pedaços, que me faz esquecer de quem me feriu, que me recompõe e me ajuda a não ter lembranças nefastas.
Maldito tempo que vai passando tão rápido e cada segundo é um segundo a menos de vida. A morte se aproxima, se avizinha de não sei onde e nem quando.
Bendito tempo que me dá mais uma chance, a cada segundo, de ser diferente, mesmo que não haja muito por fazer. Eu tento no tempo que existe. Ou caio e me levanto e recomeço enquanto há tempo. Até quando haverá, não sei.
Maldito tempo perdido com falsos amores, com palavras tão lindas que agora não significam mais nada.
Bendito tempo que, embora passe rápido, tem me mostrado o que, de verdade, importa. Eu me amo mais.
Amo o tempo, mesmo o perdido. Amo cada segundo que me recomponho, que me re-significo, que me incomodo e que me tento fazer diferente.
Amo também o sorriso da minha mãe, na foto que eu vejo todo dia e na sua letra tão bonita em seu caderno de orações, que me presenteia com sua presença, quando a dor ameaça reaparecer. Os pássaros cantam lá fora e me preenchem o coração, num novo presente. O nó na garganta se desfaz.
E a cada segundo, eu já sou diferente... Eu já choro menos. E vivo mais.


                 




LEITURA - JERUSALÉM, A CAPITAL DO REINO


LEITURA
 JERUSALÉM, A CAPITAL DO REINO
Então todas as tribos de Israel vieram a Davi, em Hebrom, e disseram:
— Veja, somos do mesmo povo que o senhor, ó rei. No passado, quando Saul ainda era rei sobre nós, era o senhor quem fazia entradas e saídas militares com Israel. Também o SENHOR Deus lhe disse: “Você apascentará o meu povo de Israel e será príncipe sobre Israel.”
Assim todos os anciãos de Israel foram falar com o rei, em Hebrom. E o rei Davi fez com eles uma aliança em Hebrom, diante do SENHOR. E eles ungiram Davi rei sobre Israel.
Davi tinha trinta anos de idade quando começou a reinar; e reinou durante quarenta anos. Em Hebrom, reinou sobre Judá sete anos e seis meses; em Jerusalém, reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá.
O rei Davi partiu com os seus homens para Jerusalém, para atacar os jebuseus que moravam naquela terra. Os jebuseus disseram a Davi:
— Você não entrará aqui. Até os cegos e os coxos poderão impedi-lo de entrar.
Com isto queriam dizer: “Davi não entrará neste lugar.” Porém Davi tomou a fortaleza de Sião, isto é, a Cidade de Davi. Davi, naquele dia, mandou dizer:
— Todo o que está disposto a atacar os jebuseus suba pelo canal subterrâneo e ataque os cegos e os coxos, a quem a alma de Davi odeia.
Por isso se diz: “Nem cego nem coxo entrará na casa.” Assim, Davi morou na fortaleza e a chamou de Cidade de Davi. Ele foi edificando ao redor, desde Milo e para dentro. Davi ia crescendo em poder cada vez mais, porque o SENHOR, o Deus dos Exércitos, estava com ele.
Hirão, rei de Tiro, enviou a Davi mensageiros, madeira de cedro, carpinteiros e pedreiros; estes construíram um palácio para Davi. Então Davi reconheceu que o SENHOR o havia confirmado como rei sobre Israel e que tinha exaltado o seu reino por amor do seu povo de Israel.

II SDAMUEL 05:01-12

                 




LEITURA - O REI LEVA A ARCA DA ALIANÇA


LEITURA
 O REI LEVA A ARCA DA ALIANÇA
Mais uma vez Davi reuniu todos os escolhidos de Israel, em número de trinta mil. Davi se levantou e, com todo o povo que tinha consigo, partiu para Baalá de Judá, para de lá trazer a arca de Deus, diante da qual se invoca o Nome, o nome do SENHOR dos Exércitos, que se assenta acima dos querubins. Puseram a arca de Deus numa carroça de bois novo e a levaram da casa de Abinadabe, que ficava numa colina. Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, conduziam aquela carroça. Levaram a carroça de bois com a arca de Deus da casa de Abinadabe, que ficava na colina; e Aiô ia adiante da arca. Davi e toda a casa de Israel se alegravam diante do SENHOR, com todo tipo de instrumentos de madeira de faia, com harpas, liras, tamborins, pandeiros e címbalos.
Quando chegaram à eira de Nacom, Uzá estendeu a mão para segurar a arca de Deus, porque os bois tropeçaram. Então a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta irreverência. E Uzá morreu ali, ao lado da arca de Deus. Davi ficou irado, porque o SENHOR havia irrompido contra Uzá, e chamou aquele lugar de Perez-Uzá, até o dia de hoje. Naquele dia, Davi teve medo do SENHOR e disse:
— Como poderei levar comigo a arca do SENHOR?
Davi não quis levar a arca do SENHOR para junto de si, na Cidade de Davi, mas fez com que fosse levada para a casa de Obede-Edom, o geteu. Assim, a arca do SENHOR ficou na casa de Obede-Edom, o geteu, durante três meses, e o SENHOR o abençoou e a toda a sua casa.
Avisaram o rei Davi, dizendo:
— O SENHOR abençoou a casa de Obede-Edom e tudo o que ele tem, por causa da arca de Deus.
Então Davi foi e, com alegria, trouxe a arca de Deus da casa de Obede-Edom à Cidade de Davi. Quando os que levavam a arca do SENHOR tinham dado seis passos, Davi sacrificava um boi e um animal gordo. Davi dançava com todas as suas forças diante do SENHOR; ele estava cingido de uma estola sacerdotal de linho. Assim, Davi, com todo o Israel, levou a arca do SENHOR, com júbilo e ao som de trombetas.
Quando a arca do SENHOR estava entrando na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, olhou pela janela. E, ao ver o rei Davi, que ia saltando e dançando diante do SENHOR, ela o desprezou em seu coração.
Levaram a arca do SENHOR e a puseram no seu lugar, no meio da tenda que Davi tinha preparado para ela. Então Davi trouxe holocaustos e ofertas pacíficas diante do SENHOR. Depois de trazer os holocaustos e as ofertas pacíficas, Davi abençoou o povo em nome do SENHOR dos Exércitos. E repartiu a todo o povo e a toda a multidão de Israel, tanto homens como mulheres, a cada um, um bolo de pão, um bom pedaço de carne e passas. Então todo o povo se retirou, cada um para a sua casa.

II SDAMUEL 06:01-19

                 




LEITURA - A MENSAGEM DO SENHOR PARA O REI


LEITURA
A MENSAGEM DO SENHOR PARA O REI
E aconteceu que, quando o rei Davi já morava em seu palácio, pois o SENHOR lhe tinha dado descanso de todos os seus inimigos ao redor, o rei disse ao profeta Natã:
— Veja! Estou morando num palácio feito de cedro, mas a arca de Deus se encontra numa tenda.
Então Natã disse ao rei:
— Vá e faça tudo o que estiver em seu coração, porque o SENHOR está com você.
Porém, naquela mesma noite, a palavra do SENHOR veio a Natã, dizendo:
— Vá e diga ao meu servo Davi: Assim diz o SENHOR: “Você quer edificar um templo para minha habitação? Desde o dia em que tirei os filhos de Israel do Egito até o dia de hoje, não habitei em nenhum templo, mas tenho andado em tenda, em tabernáculo. Em todos os lugares em que andei com todos os filhos de Israel, por acaso falei alguma palavra com qualquer das suas tribos, a quem mandei apascentar o meu povo de Israel, dizendo: ‘Por que vocês não construíram um templo de cedro para mim?’”
— Agora diga ao meu servo Davi: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: “Eu tirei você das pastagens e do trabalho de andar atrás das ovelhas, para que você fosse príncipe sobre o meu povo, sobre Israel. Estive com você por onde quer que você andou e eliminei todos os seus inimigos diante de você. Engrandecerei o seu nome, como só os grandes têm na terra. Prepararei um lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei para que habite no seu lugar e não seja mais perturbado. E jamais os filhos da perversidade o afligirão, como no passado, desde o dia em que mandei que houvesse juízes sobre o meu povo de Israel. Eu lhe darei descanso de todos os seus inimigos. O SENHOR também lhe faz saber que ele, o SENHOR, fará uma casa para você. Quando os seus dias se completarem e você descansar com os seus pais, então farei surgir depois de você o seu descendente, que procederá de você, e estabelecerei o seu reino. Este edificará um templo ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino. Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho. Se vier a transgredir, eu o castigarei com varas de homens e com açoites de filhos de homens. Mas a minha misericórdia não se afastará dele, como a retirei de Saul, a quem tirei de diante de você. Quanto a você, a sua casa e o seu reino serão firmados para sempre diante de mim; o seu trono será estabelecido para sempre.”
Segundo todas estas palavras e conforme toda esta visão, assim Natã falou com Davi.

II SDAMUEL 07:01-17

                 




LEITURA - O PROFETA NATÃ CONFRONTA O REI


LEITURA
O PROFETA NATÃ CONFRONTA O REI
O SENHOR enviou Natã a Davi. Natã foi falar com Davi e lhe disse:
— Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre. O rico tinha ovelhas e gado em grande número, mas o pobre não tinha coisa nenhuma, a não ser uma cordeirinha que havia comprado. Ele a criou, e ela cresceu em sua casa, junto com os seus filhos. Comia da sua comida e bebia do seu copo. Dormia nos seus braços, e ele a tinha como filha. Certo dia chegou um viajante à casa do homem rico, e este não quis pegar uma das suas ovelhas ou um dos seus bois para dar de comer ao visitante que havia chegado; em vez disso, pegou a cordeirinha do homem pobre e a preparou para o homem que havia chegado.
Então o furor de Davi se acendeu contra aquele homem, e ele disse a Natã:
— Tão certo como vive o SENHOR, o homem que fez isso deve ser morto. E pela cordeirinha restituirá quatro vezes, porque fez uma coisa dessas e porque não se compadeceu.
Então Natã disse a Davi:
— Esse homem é você. Assim diz o SENHOR, o Deus de Israel: “Eu o ungi rei sobre Israel e eu o livrei das mãos de Saul. Eu lhe dei a casa de seu senhor e as mulheres de seu senhor em seus braços. Também lhe dei a casa de Israel e de Judá. E, se isto fosse pouco, eu teria acrescentado tais e tais coisas. Por que, então, você desprezou a palavra do SENHOR, fazendo o que era mau aos olhos dele? Com a espada você matou Urias, o heteu. Você tomou por esposa a mulher dele, depois de o matar com a espada dos filhos de Amom. Agora, pois, a espada jamais se afastará da sua casa, porque você me desprezou e tomou a mulher de Urias, o heteu, para ser sua mulher.” Assim diz o SENHOR: “Eis que farei com que de sua própria casa venha o mal sobre você. Tomarei as suas mulheres à sua própria vista e as darei a outro homem, que se deitará com elas em plena luz do dia. Porque você o fez em segredo, mas eu farei isso diante de todo o Israel e em plena luz do dia.”
Então Davi disse a Natã:
— Pequei contra o SENHOR.
E Natã respondeu:
— Também o SENHOR perdoou o seu pecado; você não morrerá. Mas, porque com isto você deu motivo a que os inimigos do SENHOR blasfemassem, também o filho que lhe nasceu morrerá.
Então Natã foi para a sua casa.
E o SENHOR feriu a criança que a mulher de Urias teve com Davi; e a criança adoeceu gravemente.

II SDAMUEL 12:01-15

                 





domingo, 23 de setembro de 2018

LEITURA - O REI DAVI E BATE-SEBA


LEITURA
O rei Davi e bate-seba
Decorrido um ano, no tempo em que os reis costumam sair para a guerra, Davi enviou Joabe, seus oficiais e todo o Israel. Eles destruíram os filhos de Amom e sitiaram a cidade de Rabá. Mas Davi ficou em Jerusalém.
Uma tarde, Davi se levantou do seu leito e andava passeando no terraço do palácio real. Dali viu uma mulher que estava tomando banho; ela era muito bonita. Davi mandou perguntar quem era. Disseram-lhe:
— É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o heteu.
Então Davi mandou mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela. Ora, Bate-Seba tinha acabado de se purificar da impureza da menstruação. Depois, ela voltou para casa.
A mulher concebeu e mandou dizer a Davi:
— Estou grávida.
Então Davi enviou mensageiros a Joabe, dizendo:
— Mande-me Urias, o heteu.
E Joabe mandou Urias a Davi. Quando Urias chegou, Davi perguntou como estava Joabe, como se achava o povo e como ia a guerra. Depois, Davi disse a Urias:
— Vá para casa e descanse.
Urias saiu do palácio real, e logo saiu atrás dele um presente do rei. Porém Urias dormiu junto ao portão do palácio, com todos os servos do seu senhor, e não foi para casa. Relataram isso a Davi, dizendo:
— Urias não foi para casa.
Então Davi disse a Urias:
— Você não vem de uma viagem? Por que não foi para casa?
Urias respondeu:
— A arca, Israel e Judá ficam em tendas. Joabe, meu senhor, e os servos de meu senhor estão acampados ao ar livre. Como poderia eu ir para casa, comer e beber e me deitar com a minha mulher? Juro pela vida do rei que não faria tal coisa.
Então Davi disse a Urias:
— Fique aqui ainda hoje. Amanhã eu o mandarei de volta.
E Urias ficou em Jerusalém aquele dia e o seguinte. Davi o convidou para comer e beber com ele, e o embebedou. À tarde, Urias saiu e foi deitar-se no seu leito, na companhia dos servos de seu senhor. Ele não foi para casa.
Pela manhã, Davi escreveu uma carta a Joabe e a mandou por Urias. Na carta escreveu o seguinte: “Ponham Urias na linha de frente, onde o combate for mais intenso. Depois deixem-no sozinho, para que seja ferido e morra.”
Tendo sitiado a cidade, Joabe pôs Urias no lugar onde sabia que estavam homens valentes. Os homens da cidade saíram e lutaram contra Joabe. Alguns dos oficiais de Davi foram mortos; e morreu também Urias, o heteu.
Então Joabe enviou notícias a Davi, informando tudo o que havia acontecido na batalha. Deu ordem ao mensageiro, dizendo:
— Quando você terminar de contar ao rei os acontecimentos desta batalha, é possível que ele fique indignado e pergunte: “Por que vocês chegaram assim perto da cidade para lutar? Não sabiam que eles iriam atirar da muralha? Quem matou Abimeleque, filho de Jerubesete? Não foi uma mulher que, do alto da muralha, lançou sobre ele uma pedra de moinho e o matou, em Tebes? Por que vocês chegaram tão perto da muralha?”
Então você dirá:
— Também morreu o seu servo Urias, o heteu.
O mensageiro partiu e, chegando, contou a Davi tudo o que Joabe lhe havia mandado dizer. O mensageiro disse a Davi:
— Na verdade, aqueles homens eram mais fortes do que nós e saíram para lutar contra nós em campo aberto. Mas nós fomos contra eles, até a entrada do portão. Então os flecheiros, do alto da muralha, atiraram contra os servos do rei, e alguns deles foram mortos. Também morreu o seu servo Urias, o heteu.
Davi respondeu ao mensageiro:
— Diga a Joabe que não encare isso como um mal, porque a espada devora tanto este como aquele. Que ele intensifique o seu ataque à cidade até conquistá-la. Quanto a você, encoraje Joabe.
Quando a mulher de Urias soube que o seu marido era morto, ela chorou por ele. Passado o luto, Davi mandou buscá-la e a trouxe para o palácio. Ela se tornou sua mulher e lhe deu um filho. Porém isto que Davi tinha feito pareceu mau aos olhos do SENHOR.

II SAMUEL 11:001-27

                 




quarta-feira, 19 de setembro de 2018

LEITURA - O PRIMEIRO REI DE ISRAEL


LEITURA
 O PRIMEIRO REI DE ISTAEL
Então Samuel disse a todo o Israel:
— Eis que atendi ao que vocês me pediram e constituí um rei sobre vocês. E agora eis que vocês têm o rei que irá adiante de vocês. Eu já sou velho e tenho os cabelos brancos, e os meus filhos estão com vocês. Eu tenho andado à frente de vocês desde a minha mocidade até o dia de hoje. Eis-me aqui. Testemunhem contra mim diante do SENHOR e diante do seu ungido: de quem tomei o boi? De quem tomei o jumento? A quem enganei? A quem oprimi? E das mãos de quem aceitei suborno para encobrir com ele os meus olhos? Falem, e eu o restituirei.
Então responderam:
— Você não nos defraudou, nem nos oprimiu, nem tomou coisa alguma das mãos de ninguém.
E ele lhes disse:
— O SENHOR é testemunha contra vocês e também o seu ungido é hoje testemunha de que vocês não encontraram nada nas minhas mãos.
E o povo confirmou:
— Deus é testemunha.
Então Samuel disse ao povo:
— O SENHOR é testemunha, ele que escolheu Moisés e Arão e tirou os pais de vocês da terra do Egito. Agora fiquem aqui, porque vou discutir com vocês diante do SENHOR, com relação a todos os seus atos de justiça que ele realizou em favor de vocês e dos seus pais. Depois que Jacó havia entrado no Egito, os pais de vocês clamaram ao SENHOR, e o SENHOR enviou Moisés e Arão, que os tiraram do Egito e os fizeram habitar neste lugar. Porém os pais de vocês se esqueceram do SENHOR, seu Deus. Então ele os entregou nas mãos de Sísera, comandante do exército de Hazor, e nas mãos dos filisteus, e nas mãos do rei de Moabe, que lutaram contra eles. Eles clamaram ao SENHOR e disseram: “Pecamos, pois deixamos o SENHOR e servimos os baalins e astarotes. Mas agora livra-nos das mãos de nossos inimigos, e te serviremos.” O SENHOR enviou Jerubaal, Baraque, Jefté e Samuel, e os livrou das mãos dos inimigos que os cercavam, e vocês viveram em segurança.
— Quando vocês viram que Naás, rei dos filhos de Amom, vinha contra vocês, vocês me disseram: “Não! Queremos um rei sobre nós”, quando, na verdade, o SENHOR, seu Deus, era o rei de vocês. E agora, aqui está o rei que elegeram e que pediram. E eis que o SENHOR deu um rei a vocês. Se vocês temerem o SENHOR, se o servirem, se derem ouvidos à sua voz e não forem rebeldes ao seu mandado, se seguirem o SENHOR, seu Deus, tanto vocês como o rei que governa sobre vocês, então tudo lhes irá bem. Se, porém, vocês não derem ouvidos à voz do SENHOR, mas forem rebeldes ao seu mandado, a mão do SENHOR será contra vocês, como o foi contra os pais de vocês. Fiquem, agora, aqui e vejam esta grande coisa que o SENHOR fará diante de vocês. Não estamos no tempo da colheita do trigo? Pois eu vou clamar ao SENHOR, e ele mandará trovões e chuva. E vocês saberão e verão que é grande a maldade que praticaram aos olhos do SENHOR, pedindo um rei.
Então Samuel invocou o SENHOR, e o SENHOR mandou trovões e chuva naquele dia. E todo o povo temeu grandemente o SENHOR e Samuel.
Todo o povo disse a Samuel:
— Ore por estes seus servos ao SENHOR, seu Deus, para que não venhamos a morrer, porque a todos os nossos pecados acrescentamos o mal de pedir para nós um rei.
Então Samuel disse ao povo:
— Não tenham medo. Vocês, de fato, cometeram todo este mal. No entanto, não se desviem de seguir o SENHOR, mas sirvam o SENHOR de todo o coração. Não se desviem, pois vocês estariam seguindo coisas vãs, que nada aproveitam e que não os podem livrar, porque são vaidade. Pois o SENHOR, por causa do seu grande nome, não abandonará o seu povo, porque o SENHOR decidiu fazer de vocês o seu povo. Quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vocês. Pelo contrário, eu lhes ensinarei o caminho bom e direito. Tão somente temam o SENHOR e sirvam a ele fielmente de todo o coração. Vejam que coisas grandiosas ele fez por vocês! Se, porém, continuarem a fazer o mal, perecerão, tanto vocês como o seu rei.

I SAMUEL 10:17-27

                 




LEITURA - A DESPEDIDA DE SAMUEL


LEITURA
 A DESPEDIDA DE SAMUEL
Então Samuel disse a todo o Israel:
— Eis que atendi ao que vocês me pediram e constituí um rei sobre vocês. E agora eis que vocês têm o rei que irá adiante de vocês. Eu já sou velho e tenho os cabelos brancos, e os meus filhos estão com vocês. Eu tenho andado à frente de vocês desde a minha mocidade até o dia de hoje. Eis-me aqui. Testemunhem contra mim diante do SENHOR e diante do seu ungido: de quem tomei o boi? De quem tomei o jumento? A quem enganei? A quem oprimi? E das mãos de quem aceitei suborno para encobrir com ele os meus olhos? Falem, e eu o restituirei.
Então responderam:
— Você não nos defraudou, nem nos oprimiu, nem tomou coisa alguma das mãos de ninguém.
E ele lhes disse:
— O SENHOR é testemunha contra vocês e também o seu ungido é hoje testemunha de que vocês não encontraram nada nas minhas mãos.
E o povo confirmou:
— Deus é testemunha.
Então Samuel disse ao povo:
— O SENHOR é testemunha, ele que escolheu Moisés e Arão e tirou os pais de vocês da terra do Egito. Agora fiquem aqui, porque vou discutir com vocês diante do SENHOR, com relação a todos os seus atos de justiça que ele realizou em favor de vocês e dos seus pais. Depois que Jacó havia entrado no Egito, os pais de vocês clamaram ao SENHOR, e o SENHOR enviou Moisés e Arão, que os tiraram do Egito e os fizeram habitar neste lugar. Porém os pais de vocês se esqueceram do SENHOR, seu Deus. Então ele os entregou nas mãos de Sísera, comandante do exército de Hazor, e nas mãos dos filisteus, e nas mãos do rei de Moabe, que lutaram contra eles. Eles clamaram ao SENHOR e disseram: “Pecamos, pois deixamos o SENHOR e servimos os baalins e astarotes. Mas agora livra-nos das mãos de nossos inimigos, e te serviremos.” O SENHOR enviou Jerubaal, Baraque, Jefté e Samuel, e os livrou das mãos dos inimigos que os cercavam, e vocês viveram em segurança.
— Quando vocês viram que Naás, rei dos filhos de Amom, vinha contra vocês, vocês me disseram: “Não! Queremos um rei sobre nós”, quando, na verdade, o SENHOR, seu Deus, era o rei de vocês. E agora, aqui está o rei que elegeram e que pediram. E eis que o SENHOR deu um rei a vocês. Se vocês temerem o SENHOR, se o servirem, se derem ouvidos à sua voz e não forem rebeldes ao seu mandado, se seguirem o SENHOR, seu Deus, tanto vocês como o rei que governa sobre vocês, então tudo lhes irá bem. Se, porém, vocês não derem ouvidos à voz do SENHOR, mas forem rebeldes ao seu mandado, a mão do SENHOR será contra vocês, como o foi contra os pais de vocês. Fiquem, agora, aqui e vejam esta grande coisa que o SENHOR fará diante de vocês. Não estamos no tempo da colheita do trigo? Pois eu vou clamar ao SENHOR, e ele mandará trovões e chuva. E vocês saberão e verão que é grande a maldade que praticaram aos olhos do SENHOR, pedindo um rei.
Então Samuel invocou o SENHOR, e o SENHOR mandou trovões e chuva naquele dia. E todo o povo temeu grandemente o SENHOR e Samuel.
Todo o povo disse a Samuel:
— Ore por estes seus servos ao SENHOR, seu Deus, para que não venhamos a morrer, porque a todos os nossos pecados acrescentamos o mal de pedir para nós um rei.
Então Samuel disse ao povo:
— Não tenham medo. Vocês, de fato, cometeram todo este mal. No entanto, não se desviem de seguir o SENHOR, mas sirvam o SENHOR de todo o coração. Não se desviem, pois vocês estariam seguindo coisas vãs, que nada aproveitam e que não os podem livrar, porque são vaidade. Pois o SENHOR, por causa do seu grande nome, não abandonará o seu povo, porque o SENHOR decidiu fazer de vocês o seu povo. Quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vocês. Pelo contrário, eu lhes ensinarei o caminho bom e direito. Tão somente temam o SENHOR e sirvam a ele fielmente de todo o coração. Vejam que coisas grandiosas ele fez por vocês! Se, porém, continuarem a fazer o mal, perecerão, tanto vocês como o seu rei.

I SAMUEL 12:01-25