SELEÇÕES

http://wordschool.blogspot.com/

OFERTAS FANTÁSTICAS

terça-feira, 16 de outubro de 2018

LEITURA - JÓ AMALDIÇOA


LEITURA
Jô AMALDIÇOA
“Por que se concede
luz ao miserável
e vida aos de coração amargurado,
que esperam a morte,
e ela não vem,
que cavam em procura dela
mais do que
tesouros ocultos,
que se alegrariam
por um túmulo
e exultariam se achassem
a sepultura?
Por que se concede
luz ao homem
cujo caminho é oculto,
e a quem Deus cercou
de todos os lados?”

“Porque em vez do meu pão
me vêm gemidos,
e os meus lamentos
se derramam como água.
Aquilo que temo me sobrevém,
e o que receio me acontece.
Não tenho descanso,
não tenho sossego,
não tenho repouso;
só tenho inquietação.”

JÓ 03:20-26

MAGAZINE SHOP BLUES
                 




LEITURA - JÓ RECLAMA PARA DEUS


LEITURA
Jô RECLAMA PARA DEUS
Darei livre curso à minha queixa “Estou cansado de viver.
Darei livre curso à minha queixa,
falarei na amargura da minha alma.
Pedirei a Deus:
‘Não me condenes!’
Faze-me saber
o que tens contra mim.
Será que tens prazer
em me oprimir,
em rejeitar a obra das tuas mãos
e em favorecer
o conselho dos ímpios?
Por acaso, tens olhos de gente?
Ou vês tu como vê uma pessoa?
São os teus dias
como os dias de um mortal?
Ou são os teus anos
como os anos de um ser humano,
para te informares
da minha iniquidade
e indagares o meu pecado?
Bem sabes
que eu não sou culpado;
todavia, não há ninguém que possa
me livrar da tua mão.”“As tuas mãos me plasmaram
e me fizeram,
porém, agora, queres destruir-me.
Lembra-te de que me formaste
como em barro.
E, agora, queres
reduzir-me a pó?
Por acaso, não me derramaste
como leite
e não me coalhaste como queijo?
De pele e carne me vestiste
e de ossos e tendões me teceste.
Tu me deste vida e bondade,
e o teu cuidado guardou
o meu espírito.
Mas ocultaste estas coisas
no teu coração;
e agora sei
que este era o teu plano.
Se eu pecar, tu me observas;
e da minha iniquidade
não me perdoarás.
Se for iníquo, ai de mim!
E, se for justo,
não ouso levantar a cabeça,
pois estou envergonhado
e olho para a minha miséria.
Porque, se levanto a cabeça,
tu me caças como um leão feroz
e de novo revelas
o teu poder maravilhoso
contra mim.
Renovas contra mim
as tuas testemunhas
e multiplicas contra mim a tua ira;
males e lutas se sucedem
contra mim.”“Por que me tiraste
do ventre de minha mãe?
Eu deveria ter morrido
antes que um olho me visse!
Teria sido como alguém
que nunca existiu
e já do ventre teria sido levado
à sepultura.
Não são poucos os meus dias?
Cessa, pois, e deixa-me em paz,
para que por um pouco
eu tome alento,
antes que eu vá para o lugar
do qual não voltarei,
para a terra das trevas
e da sombra da morte,
terra de escuridão,
de trevas profundas,
terra da sombra da morte
e do caos,
onde a própria luz
é como a escuridão.”

JÓ 10:01-22

MAGAZINE SHOP BLUES
                 




LEITURA - JÓ PEDE AJUDA PARA DEUS


LEITURA
Jô pede ajuda para deus
“O meu espírito
vai se consumindo,
os meus dias
vão se apagando,
e só tenho diante de mim
a sepultura.
Estou cercado de zombadores,
e os meus olhos são obrigados
a contemplar
as suas provocações.”“Dá-me, ó Deus, um penhor,
e sê o meu fiador diante de ti;
quem mais haverá que possa
se comprometer comigo?
Fechaste o coração deles
para o entendimento,
e por isso não os exaltarás.
Se alguém entrega
os seus amigos como presa,
os olhos de seus filhos
desfalecerão.
Mas ele me pôs
por provérbio dos povos;
tornei-me como aquele
em cujo rosto se cospe.
Os meus olhos se escureceram
de mágoa,
e todos os meus membros
são como a sombra.
Os retos ficam admirados
com isto,
e os inocentes se levantam
contra os ímpios.
O justo segue o seu caminho,
e o puro de mãos se torna
cada vez mais forte.
Mas voltem, todos vocês,
e venham cá;
porque não acharei nenhum sábio
entre vocês.”“Os meus dias passaram,
e fracassaram os meus planos,
os desejos do meu coração.
Transformam a noite em dia,
e dizem: ‘A luz está perto
das trevas.’
Mas, se eu aguardo a sepultura
por minha casa;
se faço a minha cama nas trevas;
se digo à cova:
‘Você é o meu pai’,
e aos vermes: ‘Vocês são
a minha mãe e a minha irmã’,
onde está, então,
a minha esperança?
Sim, a minha esperança,
quem a poderá ver?
Ela descerá até as portas
do mundo dos mortos,
quando juntos descansarmos
no pó.”
JÓ 17:01-16

MAGAZINE SHOP BLUES