SELEÇÕES

http://wordschool.blogspot.com/

OFERTAS FANTÁSTICAS

Mostrando postagens com marcador JESUS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador JESUS. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 4 de julho de 2019

LEITURA - A ENTRADA EM JERUSALÉM


LEITURA
       A ENTRADA EM JERUSALÉM
Quando se aproximavam de Jerusalém, de Betfagé e Betânia, junto ao monte das Oliveiras, Jesus enviou dois dos seus discípulos e disse-lhes:
— Vão até a aldeia que está diante de vocês e logo, ao entrar, encontrarão preso um jumentinho, o qual ainda ninguém montou; desprendam o jumentinho e tragam aqui.Se alguém perguntar: “Por que estão fazendo isso?”, respondam: “O Senhor precisa dele e logo o mandará de volta para cá.”
Então foram e acharam o jumentinho preso, junto ao portão, do lado de fora, na rua, e o desprenderam. Alguns dos que ali estavam reclamaram:
— O que estão fazendo, soltando o jumentinho?
Eles, porém, responderam conforme as instruções de Jesus. Então os deixaram ir. Levaram o jumentinho a Jesus, puseram as suas capas sobre o animal, e Jesus montou nele. Muitos estenderam as suas capas no caminho, e outros espalharam ramos que tinham cortado nos campos. Tanto os que iam adiante dele como os que o seguiam clamavam:

“Hosana!
Bendito o que vem
em nome do Senhor!
Bendito o Reino que vem,
o reino de Davi, nosso pai!
Hosana nas maiores alturas!”

E Jesus entrou em Jerusalém, no templo. E, tendo observado tudo, como já era tarde, saiu para Betânia com os doze.
No dia seguinte, quando saíram de Betânia, Jesus teve fome. E, vendo de longe uma figueira com folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa. Aproximando-se dela, nada achou, a não ser folhas; porque não era tempo de figos. Então Jesus disse à figueira:
— Nunca mais alguém coma dos seus frutos!
E os discípulos de Jesus ouviram isto.
E foram para Jerusalém. Quando Jesus entrou no templo, começou a expulsar os que ali vendiam e compravam. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas, e não permitia que alguém atravessasse o templo carregando algum objeto. Também os ensinava e dizia:
— Não é isso que está escrito: “A minha casa será chamada ‘Casa de Oração’ para todas as nações”? Mas vocês fizeram dela um covil de salteadores.
E os principais sacerdotes e escribas ouviram isso e procuravam uma maneira de matar Jesus, pois o temiam, porque toda a multidão se maravilhava de sua doutrina.
Em vindo a tarde, Jesus e os discípulos saíram da cidade.
E, passando eles pela manhã, viram que a figueira estava seca desde a raiz. Então Pedro, lembrando-se, falou:
— Mestre, eis que a figueira que o senhor amaldiçoou ficou seca.
Ao que Jesus lhes disse:
— Tenham fé em Deus.Porque em verdade lhes digo que, se alguém disser a este monte: “Levante-se e jogue-se no mar”, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele. Por isso digo a vocês que tudo o que pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim será com vocês. E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem, para que o Pai de vocês, que está nos céus, perdoe as ofensas de vocês. [Mas, se vocês não perdoarem, também o Pai de vocês, que está nos céus, não perdoará as ofensas de vocês.]
Então regressaram para Jerusalém. E enquanto Jesus andava pelo templo, os principais sacerdotes, os escribas e os anciãos vieram ao seu encontro e lhe perguntaram:
— Com que autoridade você faz estas coisas? Ou quem lhe deu esta autoridade para fazer isto?
Jesus respondeu:
— Eu vou fazer uma pergunta a vocês. Respondam, e eu lhes direi com que autoridade faço estas coisas.O batismo de João era do céu ou dos homens? Respondam!
E eles discutiam entre si:
— Se dissermos: “Do céu”, ele dirá: “Então por que não acreditaram nele?” Se, porém, dissermos: “Dos homens”, é de temer o povo.
Porque todos pensavam que João era realmente um profeta.
Então responderam a Jesus:
— Não sabemos.
E Jesus, por sua vez, lhes disse:
— Então eu também não lhes digo com que autoridade faço estas coisas.

      

MARCOS 11


MAGAZINE SHOP BLUES



                 




quarta-feira, 3 de julho de 2019

LEITURA - OS LAVRADORES MAUS


LEITURA
       OS LAVRADORES MAUS
       Depois Jesus começou a falar-lhes por parábola:
— Um homem plantou uma vinha. Pôs uma cerca em volta dela, construiu um lagar,edificou uma torre e arrendou a vinha a uns lavradores. Depois, ausentou-se do país.No tempo da colheita, mandou um servo para que recebesse dos lavradores a sua parte dos frutos da vinha. Mas os lavradores o agarraram, espancaram e o despacharam de mãos vazias. De novo, enviou-lhes outro servo, e eles bateram na cabeça dele e o insultaram. Mandou ainda outro servo, e a este mataram. Muitos outros lhes enviou, dos quais espancaram uns e mataram outros.
— Restava-lhe ainda um: o seu filho amado. Por fim, mandou o filho, pensando: “O meu filho eles respeitarão.” Mas os tais lavradores disseram entre si: “Este é o herdeiro; venham, vamos matá-lo, e a herança será nossa.” E, agarrando o filho, mataram-no e o lançaram fora da vinha.
— Que fará, pois, o dono da vinha? Virá, exterminará aqueles lavradores e entregará a vinha a outros. Vocês ainda não leram este trecho da Escritura:

“A pedra que os construtores
rejeitaram,
essa veio a ser a pedra angular.
Isto procede do Senhor
e é maravilhoso
aos nossos olhos”?

E procuravam prender Jesus, porque entenderam que ele havia contado essa parábola contra eles; mas temiam o povo. Então eles o deixaram e foram embora.
E enviaram a Jesus alguns dos fariseus e dos herodianos, para que o apanhassem em alguma palavra. Chegando, disseram-lhe:
— Mestre, sabemos que o senhor é verdadeiro e não se importa com a opinião dos outros, porque não olha a aparência das pessoas, mas, segundo a verdade, ensina o caminho de Deus; é lícito pagar imposto a César ou não? Devemos ou não devemos pagar?
Mas Jesus, percebendo a hipocrisia deles, respondeu:
— Por que vocês estão me pondo à prova? Tragam-me um denário para que eu o veja.
Eles trouxeram. E Jesus lhes perguntou:
— De quem é esta figura e esta inscrição?
Eles responderam:
— De César.
Então Jesus disse:
— Deem a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.
E muito se admiraram dele.
Então alguns saduceus, que dizem não haver ressurreição, aproximaram-se de Jesus e lhe perguntaram:
— Mestre, Moisés nos deixou escrito que, se um homem morrer e deixar mulher sem filhos, o irmão desse homem deve casar com a viúva e gerar descendentes para o falecido. Havia sete irmãos. O primeiro casou e morreu sem deixar filhos; o segundo casou com a viúva e morreu, também sem deixar descendência; e o terceiro, da mesma forma. E, assim, os sete não deixaram descendência. Por fim, depois de todos, morreu também a mulher. Na ressurreição, quando eles ressuscitarem, de qual deles ela será a esposa? Porque os sete casaram com ela.
Jesus respondeu:
— Será que o erro de vocês não está no fato de não conhecerem as Escrituras nem o poder de Deus?Pois, quando ressuscitarem dentre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento, mas serão como os anjos nos céus. Quanto aos mortos, que eles de fato ressuscitam, vocês nunca leram no Livro de Moisés, no trecho referente à sarça, como Deus lhe falou: “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó”? Ele não é Deus de mortos, e sim de vivos. Vocês estão completamente enganados.

        MARCOS 12:01-27


MAGAZINE SHOP BLUES



                 




sábado, 11 de maio de 2019

LEITURA - CRISTO É SUPERIOR


LEITURA
       CRISTO É SUPERIOR
    Cristo é superior a Moisés Por isso, santos irmãos, vocês que são participantes da vocação celestial, considerem atentamente o Apóstolo e Sumo Sacerdote da nossa confissão, Jesus, o qual é fiel àquele que o constituiu, como também Moisés foi fiel em toda a casa de Deus. No entanto, assim como aquele que edifica uma casa tem maior honra do que a casa em si, também Jesus tem sido considerado digno de maior glória do que Moisés. Pois toda casa é edificada por alguém, mas aquele que edificou todas as coisas é Deus. E Moisés foi fiel, em toda a casa de Deus, como servo, para testemunho das coisas que haviam de ser anunciadas. Cristo, porém, como Filho, é fiel em sua casa. Esta casa somos nós, se guardarmos firme a ousadia e a exultação da esperança.
Por isso, como diz o Espírito Santo:

“Hoje, se ouvirem a sua voz,
não endureçam o coração
como foi na rebelião,
no dia da tentação no deserto,
onde os pais de vocês
me tentaram,
pondo-me à prova,
e viram as minhas obras
durante quarenta anos.
Por isso, me indignei
contra essa geração e disse:
‘O coração deles
sempre se afasta de mim;
e eles não conheceram
os meus caminhos.’
Assim, jurei na minha ira:
‘Não entrarão no meu descanso.’”

Tenham cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha um coração mau e descrente, que se afaste do Deus vivo. Pelo contrário, animem uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama “hoje”, a fim de que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado. Porque temos nos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até o fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos. Como se diz:

“Hoje, se ouvirem a sua voz,
não endureçam o coração,
como foi na rebelião.”

E quem foram os que ouviram e, mesmo assim, se rebelaram? Não foram todos os que saíram do Egito por meio de Moisés? E contra quem Deus se indignou durante quarenta anos? Não foi contra os que pecaram, cujos cadáveres caíram no deserto? E a quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão aos que foram desobedientes? Assim, vemos que não puderam entrar por causa da incredulidade.
A entrada no descanso de Deus pela fé Portanto, visto que nos foi deixada a promessa de entrar no descanso de Deus, tenhamos cuidado para não parecer que algum de vocês deixou de alcançá-la. Porque também a nós foram anunciadas as boas-novas, exatamente como aconteceu com eles. Mas a palavra que eles ouviram não lhes trouxe proveito, porque não foram unidos por meio da fé com aqueles que a ouviram. Nós, porém, que cremos, entramos no descanso, conforme Deus disse:

“Assim, jurei na minha ira:
‘Não entrarão no meu descanso.’”

Ele disse isso, mesmo que as obras já estivessem concluídas desde a fundação do mundo. Porque, em certo lugar, assim disse a respeito do sétimo dia: “No sétimo dia, Deus descansou de todas as obras que tinha feito.” E, novamente, no mesmo lugar: “Não entrarão no meu descanso.” Visto, portanto, que resta entrarem alguns naquele descanso e que, por causa da desobediência, não entraram aqueles aos quais anteriormente foram anunciadas as boas-novas, de novo, determina certo dia, “hoje”, falando por Davi, muito tempo depois, segundo antes tinha sido declarado:

“Hoje, se ouvirem a sua voz,
não endureçam o coração.”

Ora, se Josué lhes tivesse dado descanso, não falaria, posteriormente, a respeito de outro dia. Portanto, resta um repouso sabático para o povo de Deus. Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus descansou das suas.
Portanto, esforcemo-nos por entrar naquele descanso, a fim de que ninguém caia, segundo aquele exemplo de desobediência. Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para julgar os pensamentos e propósitos do coração. E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e expostas aos olhos daquele a quem temos de prestar contas.
Tendo, pois, Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que adentrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. Porque não temos sumo sacerdote que não possa se compadecer das nossas fraquezas; pelo contrário, ele foi tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. Portanto, aproximemo-nos do trono da graça com confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça para ajuda em momento oportuno.

HEBREUS 03


MAGAZINE SHOPBLUES



                 




terça-feira, 7 de maio de 2019

LEITURA - A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS


LEITURA
       A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS
    Ao saírem, encontraram um cireneu, chamado Simão, a quem obrigaram a carregar a cruz de Jesus. E, chegando a um lugar chamado Gólgota, que significa “Lugar da Caveira”, deram vinho com fel para Jesus beber; mas ele, provando-o, não quis beber. Depois de o crucificarem, repartiram entre si as roupas dele, tirando a sorte. E, assentados ali, o guardavam. Por cima da cabeça de Jesus puseram por escrito a acusação contra ele: “Este é Jesus, o Rei dos Judeus”. E dois ladrões foram crucificados com ele, um à sua direita e outro à sua esquerda. Os que iam passando blasfemavam contra ele, balançando a cabeça e dizendo:
— Ei, você que destrói o santuário e em três dias o reedifica! Salve a si mesmo, se você é o Filho de Deus, e desça da cruz!
De igual modo, os principais sacerdotes com os escribas e anciãos, zombando, diziam:
— Salvou os outros, a si mesmo não pode salvar. É rei de Israel! Que ele desça da cruz, e então creremos nele. Confiou em Deus; pois que Deus venha livrá-lo agora, se, de fato, lhe quer bem; porque ele disse: “Sou Filho de Deus.”
Também os ladrões que haviam sido crucificados com ele o insultavam.
A partir do meio-dia, houve trevas sobre toda a terra até as três horas da tarde. Por volta de três horas da tarde, Jesus clamou em alta voz, dizendo:
— Eli, Eli, lemá sabactani? — Isso quer dizer: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”
Alguns dos que estavam ali, ouvindo isto, diziam:
— Ele chama por Elias.
E, logo, um deles correu a buscar uma esponja e, tendo-a embebido em vinagre e colocado na ponta de um caniço, deu-lhe de beber. Os outros, porém, diziam:
— Espere! Vejamos se Elias vem salvá-lo.
E Jesus, clamando outra vez em alta voz, entregou o espírito.
Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes, de alto a baixo; a terra tremeu e as rochas se partiram; os túmulos se abriram, e muitos corpos de santos já falecidos ressuscitaram; e, saindo dos túmulos depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos. O centurião e os que com ele guardavam Jesus, vendo o terremoto e tudo o que se passava, ficaram possuídos de grande temor e disseram:
— Verdadeiramente este era o Filho de Deus.
Estavam ali muitas mulheres, observando de longe. Eram as que vinham seguindo Jesus desde a Galileia, para o servir. Entre elas estavam Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mulher de Zebedeu.
Ao cair da tarde, veio um homem rico de Arimateia, chamado José, que era também discípulo de Jesus. Este foi até Pilatos e lhe pediu o corpo de Jesus. Então Pilatos mandou que o corpo lhe fosse entregue. E José, levando o corpo, envolveu-o num lençol limpo de linho e o depositou no seu túmulo novo, que ele tinha mandado abrir na rocha; e, rolando uma grande pedra para a entrada do túmulo, foi embora. Estavam ali, sentadas em frente do túmulo, Maria Madalena e a outra Maria.
No dia seguinte, que é o dia depois da preparação, os principais sacerdotes e os fariseus se reuniram com Pilatos e lhe disseram:
— Senhor, nós lembramos que aquele enganador, enquanto vivia, disse: “Depois de três dias ressuscitarei.” Portanto, mande que o túmulo seja guardado com segurança até o terceiro dia, para que não aconteça que, vindo os discípulos dele, o roubem e depois digam ao povo: “Ressuscitou dos mortos.” E este último engano será pior do que o primeiro.
Pilatos respondeu:
— Uma escolta está à disposição de vocês. Vão e guardem o túmulo como bem entenderem.
Indo eles, montaram guarda ao túmulo, selando a pedra e deixando ali a escolta.

MATEUS 27:32-66


MAGAZINE SHOP BLUES

                 





LEITURA - VOLTE PARA CASA!


LEITURA
       VOLTE PARA CASA!
       Você está longe de casa, longe da casa do PAI! Todo o vazio no seu coração é apenas saudade de um lugar de aconchego e amor.
       Volte para casa!!!
       O PAI celestial espera por você de braços abertos, ansioso por recebê-lo de volta ao lar. ELE chama você pedindo: “Dá-me, filho meu, o teu coração!”
       Volte para casa!!!
       Foi o pecado que afastou você da casado PAI. A sedução do prazer e do dinheiro fácil deixou você cego por tempo demais! Abra os olhos! Veja todo o estrago na sua vida! Diga para seu próprio coração: “eu aqui morro de fome!”
       Volte para casa!!!
       Você está esperando o quê? Dê meia-volta, corra para bem perto de DEUS. Ao mandar JESUS ao mundo para pagar por tudo de ruim que você já fez, o PAI demonstrou todo o amor que tem por você. Aqui e agora é hora de dizer:
       “PAI,pequei contra o céu e diante de ti!”
       De braços abertos,cheio de amor e perdão , o PAI lhe responderá: “Este meu filho estava morto e reviveu. Estava perdido e foi achado”.
       Essa história de vida é única. Vem se repetindo durante os séculos,e a BÍBLIA nos conta de um  filho perdido  que achou o caminho de volta. Para ler os detalhes dessa narrativa dramática e emocionante abra: Lucas 15. Você vai identificar sua própria vida com a queda e o resgate desse filho que tomou a única decisão certa quando estava no fundo do poço.
       JESUS morreu em seu lugar, pagou por sua culpa e agora continua intercedendo por você diante do PAI celestial. ELE é a ponte que supera o abismo que separa você de DEUS.ELE  é  o CAMINHO que conduz à casa do PAI. ELE é a PORTA por onde você pode e deve entrar. ELE é a LUZ para o seu caminho. ELE é o PÃO da VIDA que sacia a fome espiritual. ELE é a ÁGUA VIVA que sacia a sede por vida em abundância. ELE quer cuidar de você porque é o BOM PASTOR. Só JESUS pode levar você de volta à casado PAI.ELE é o ÚNICO INTERMEDIÁRIO entre você e DEUS,pois a BÍBLIA diz que “abaixo do céu não há outro nome entre os homens que permita que sejamos salvos a não ser o nome de JESUS” ( Atos 4:12).
       Creia no SENHOR JESUS! Entregue seu coração a ELE! Entregue toda a sua vida ao SENHOR, e tudo ficará novo!
       Volte para casa!!!!

 
MAAZINE SHOP BLUES